Trânsito

Porto Velho moderniza o trânsito com tecnologia da DATAPROM

Novas soluções inteligentes para pedestres e que otimizam o fluxo de semáforos estão sendo implantadas ao longo deste ano na capital de Rondônia, que viu dobrar a sua frota de automóveis de 2010 para cá

Cruzamento das Avenidas Duque de Caxias e Governador Jorge Teixeira já foi revitalizado com nova infraestrutura semafórica

O trânsito em Porto Velho está recebendo novidades tecnológicas da DATAPROM para ganhar maior fluidez e segurança. Novas soluções inteligentes para pedestres e que otimizam o fluxo de semáforos estão sendo implantadas ao longo deste ano na capital de Rondônia, que viu dobrar a sua frota de automóveis de 2010 para cá.

De acordo com dados do SENATRAN, a frota de automóveis de Porto Velho passou de 62.719 automóveis em 2010 para 123.632 em 2022 – alta de 97%.

Esse crescimento, aliado ao adensamento populacional, fez acelerar uma necessidade no município: o trânsito de Porto Velho já demandava novas soluções, que pudessem otimizá-lo para dar maior fluidez aos veículos e, ao mesmo tempo, garantir mais segurança a pedestres — principalmente onde é mais intenso o fluxo de pessoas.

Foi com essa constatação que a prefeitura de Porto Velho abriu uma licitação para contratar a revitalização do trânsito na cidade. A DATAPROM venceu a concorrência. Ao todo, 20 cruzamentos já foram ou estão em processo de revitalização. Essa ação garante a substituição da infraestrutura semafórica completa e implantação de novos controladores semafóricos, com tecnologia de ponta e comunicação com central de gestão de trânsito.

Desses pontos, 7 deles ganharão no breaks para garantir a alimentação de energia mesmo em caso de interrupção no fornecimento pela concessionária local.

Laços Semafóricos

Importantes avenidas do município ganharam sensores por laços indutivos para automação semafórica. Essa solução garante maior fluidez à via principal, pois o semáforo nesses pontos fica vermelho apenas quando algum veículo quer acessá-la pela via secundária.

Funciona assim: os laços magnéticos instalados sob o asfalto são acionados pela massa metálica do veículo. Essa informação é levada ao controlador semafórico, que por sua vez manda o comando ao semáforo.

Avenidas como a José Vieira Caúla e Calama já receberam a nova solução, e os motoristas que passam por ela poderão usufruir de menor tempo de deslocamento nessas vias.

Botoeiras Inteligentes

Pensando em dar maior segurança aos pedestres e incentivar a mobilidade ativa em Porto velho, a prefeitura local contratou a instalação de botoeiras inteligentes. O modelo escolhido foi o DP45E, que conta com especificações de normativas do CONTRAN e foi inspirada no modelo utilizado na Suécia. A região do colégio Tiradentes e do Porto Velho Shopping foram as primeiras a receber a novidade.

O equipamento tem informações em braile e sinais luminoso, vibratório e sonoro. Ainda permite aumentar o tempo de travessia. Para acionar o tempo extra, a pessoa precisa pressionar o botão central por 3 segundos. Essa instrução emite um alerta para o controlador do semáforo, que aumenta o tempo de verde. Esse acréscimo é programado de acordo com a resolução ABNT 9050, que estabelece o tempo médio de marcha da pessoa com mobilidade reduzida em 0,4 metro/segundo.

Saiba mais sobre a botoeira inteligente aqui

 

O que você achou deste conteúdo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.