Sem categoria

Cidades do PR usam semáforo no chão para chamar a atenção de pedestres

Inovação implantada pela DATAPROM traz mais segurança aos pedestres desavisados, principalmente àqueles que andam olhando para a tela do celular

Smombies. Você muito provavelmente ainda não ouviu falar nesse termo. Mas ele tem começado a se difundir para designar pessoas viciadas em smartphones e que andam pelas ruas olhando para o aparelho. É uma mistura das palavras zombie + smartphone.

Assim como com motoristas, o uso do celular no trânsito também é um risco para pedestres. Distraídos, muitas vezes, eles podem não perceber o estágio semafórico e iniciar uma travessia com o semáforo em verde para os automóveis. De acordo com o DETRAN Paraná, digitar, ler, falar e usar fone de ouvidos enquanto caminha compromete a atenção do pedestre em até 80%.

Já uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia indicou que mais de 70% admitiram deixar de olhar para os lados ao atravessar por estarem distraídos com seus smartphones.

E a tecnologia agora está contribuindo para minimizar os riscos de atropelamentos desses pedestres. Uma solução da DATAPROM atua exatamente nesse sentido.

São instaladas faixas de led acopladas ao poste e ao antebraço dos semáforos e nas calçadas. Elas são sincronizadas ao controlador semafórico e aos porta-focos – podendo aumentar a visualização da sinalização para até 300 metros de distância e garantindo ao pedestre que está olhando para baixo uma maior ativação sensorial quando da mudança do estágio semafórico

Araucária e Cascavel, ambas no Paraná, já têm a solução da DATAPROM implantada em cruzamentos com maior fluxo de movimentação de pedestres.

E há relatos de soluções com objetivo semelhante implantadas em cidades como Concepción, no Chile, Seul e Ilsan, na Coréia do Sul, Chongqing e Hong Kong, na China, e as europeias Antuérpia, Amsterdã e Bodegraven.

O uso dessas tecnologias, por óbvio, não deixa de lado a necessidade de conscientizar as pessoas sobre os riscos desse comportamento. Assim como ao volante, usar o celular ao caminhar é um hábito perigosíssimo e que deve ser abandonado.

Mais segurança
Em Araucária, o primeiro pacote de instalações adquirido tem 160 barras de LED, sendo que cada cruzamento leva 16 peças para orientar na travessia. Há previsão para compra de mais 232 dessas barras luminosas para atendimento a outras vias do município.

Cascavel adotou a faixa de led para pedestres em dois importantes cruzamentos da cidade: travessias elevadas da Avenida Brasil em frente à Catedral e na faixa do cruzamento entre as ruas Paraná e Padre Champagnat.

O que você achou deste conteúdo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.